'

Rota das Terras

A designação Rota das Terras significa que na terra tudo brota, cresce e produz frutos.
As belezas naturais em perfeita harmonia com a preservação das culturas, a religião e a multiplicidade gastronômica predominantemente alemã e italiana, tornam a Rota das Terras um roteiro interessante.
Encontra-se situado na Rota das Terras o maior lago artificial do Rio Grande do Sul, a Barragem do Passo Real, com 574 Km de orla, banhando oito municípios, onde a prática de esportes náuticos, como a motonáutica, e também os passeios de barco e as romarias fluviais fazem parte do turismo na região.
A religiosidade ganha espaço no contexto turístico dos municípios, onde as romarias, tanto terrestres quanto fluviais, são práticas constantes, tornando-se atrativo turístico juntamente com a bela arquitetura representada pelos templos religiosos.
Além disso, a região foi berço de um dos maiores nomes da literatura brasileira, o escritor Erico Verissimo, nascido nesta terra, e que até hoje, por mais de um século de história, tem influência intrínseca na literatura do país, sendo mundialmente conhecido por suas expressões, e sua história é preservada através do museu criado em sua homenagem.
A Rota das Terras apresenta várias opções de turismo: turismo de conhecimento, de negócios, de eventos, eco-turismo, de lazer, cultural e gastronômico, através dos roteiros oferecidos pelas agências de viagens e turismo.

ROTEIROS TURÍSTICOS:

Voltando ao Passado:

O roteiro “Voltando ao Passado” faz o visitante conhecer um pedacinho do Estado do Rio Grande do Sul e a história de seu povo, uma história que também é sua!
1º DIA
– Victor Graeff: cidade de origem alemã, conhecida regionalmente pelo famoso prato típico “Cuca com linguiça”, a cidade da Mais Bela Praça do RS, a Praça Tancredo de Almeida Neves, apresenta ao visitante mais de 200 esculturas, feitas manualmente em ciprestes, das mais variadas formas e tamanhos.
– Tapera: terra da Rota Della Cuccagna, uma rota que retrata a colonização italiana na região, vivenciadas através da visita na Casa do Vinho Rizzi, um grande produtor de vinho regional, assim como poderá conhecer a historia deste povo na Propriedade da Família Crestani saboreando um delicioso chá da Nona, assim como degustar os saborosos pratos desta cultura, com muita música e dança na Tratoria Bella Itália;  Hospedagem.
2º DIA
– Selbach: nada melhor que iniciar o dia com um saboroso Café Colonial com diversos produtos locais no Recanto do Mel, seguindo o passeio pelo Mini Mundo Encantado, um verdadeiro paraíso onde resgata a história regional em miniaturas e logo após será servido um almoço típico campeiro, “regado” a muita musica gaúcha, passeio a cavalo e diversas lidas campeiras no Haras Pinno.
– Quinze de Novembro: na Capital do Turismo Regional, o visitante será recepcionado na Praça Municipal Clara Saft e seguirá para o Hotel de Lazer Águas da Fonte, um complexo turístico onde o visitante ficará em contado com a natureza as margens do maior lago artificial do Rio Grande do Sul, o Lago das Lendas, onde o visitante poderá realizar passeios de barco, pescar e degustar um saboroso peixe.
– Ibirubá: na terra da Pintangueira do Mato, o visitante será recepcionado no CTG Rancho dos Tropeiros e poderá vivenciar as tradições gaúchas, através da gastronomia, da música e da dança do povo gaúcho; Hospedagem.
3º DIA
– Cruz Alta: na Terra de Érico Veríssimo, o visitante conhecerá a Casa do escritor, um agradável local que reúne toda a história deste ilustre filho de Cruz Alta, em meio as diversas obras e objetos pessoais, assim como assistir apresentações artísticas, acompanhado de um saboroso almoço tradicional gaúcho.